ExistDir - Resultado

ExistDir

 

Descrição

Determina se um diretório existe e é válido.

Sintaxe

ExistDir( <cPath>, <uParam1>, <lChangeCase> )

Parâmetros

ParNomeTipoDescriçãoDefaultObgRef
01cPathCaracterIndica o nome do diretório que será removido X
02uParam1NuméricoParâmetro de compatibilidade. Passar Nil
03lChangeCaseBooleanIndica se colocará o nome do diretório em letra minúscula

Retorno

RetornoTipoDescrição
lRetBooleanRetorna verdadeiro (.T.), se o diretório existir; caso contrário, falso (.F.).

Exemplo

#INCLUDE "TOTVS.CH"

User Function ExistDir()

Conout( 'C:\TEMP: ' + cValtoChar( ExistDir( "C:\TEMP" ) ) )
Conout( 'system: ' + cValtoChar( ExistDir( "\system" ) ) )
Conout( 'ssdd: ' + cValtoChar( ExistDir( "\ssdd" ) ) )

Return( Nil )

Resultado

ExistDir - Resultado

ExistDir – Resultado

Informação Adicional

Informações Adicionais

Caso seja especificado um path sem a unidade de disco, o mesmo será considerado no ambiente do servidor, a partir do RootPath do ambiente (caso o path comece com \ ou /), ou a partir do StartPath do ambiente (caso o path não seja iniciado com \ ou /)
Quando um path absoluto é especificado (com unidade de disco preenchida), a função será executada na estação em que o SmartClient está em execução.
O valor retornado pela função serve apenas para indicar falha na operação, mas não têm relação com a causa da falha. Para identificar o motivo do erro, devemos chamar a função FError
Ao executar essa função em JOB (processo isolado do servidor, sem interface), não é possível especificar um Path absoluto de disco. Caso isso seja realizado, o retorno da função será .F. e a função FError retornará -1 (Syntax Error).
O caminho de cPath será convertido para letra minúscula. A partir da build 7.00.121227A, o caminho não será convertido para letra minúscula para Logix
A partir da build 7.00.120420A, o comportamento de mudança para letra minúscula, para Linux, pode ser alterado modificando o valor da chave CaseSensitive, na seção General, do arquivo ini do TOTVS | Application Server. Essa mudança impacta outras funções que também tratam arquivos
A partir da build 7.00.131227A foi criado o parâmetro lChangeCase, que se for definido com o valor .T., altera o nome dos arquivos e pastas para letra minúscula, e se for .F. não altera o nome informado. O valor padrão do parâmetro é .T.
Em ambiente Windows, os nomes de arquivos e pastas não possuem diferenciação entre maiúsculo e minúsculo, logo, a função conseguirá tratar a pasta apontada por cPath independente do valor definido no parâmetro lChangeCase. Em ambiente Linux ou Mac, os nomes dos arquivos e pastas respeitam a diferenciação

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *